Próxima partida 13/08/2020 às 16h00.

RB Leipzig x Atl Madrid

Já Conhece o Mapa de Ações?

Essa é uma ferramenta para analisar comportamentos em partidas de futebol.

O grande objetivo é: mostrar em uma imagem, tudo o que acontece em campo.

Não é segredo para ninguém que as estatísticas tradicionais por si só não dizem muita coisa sobre as táticas dos times em campo.

O Mapa de Ações ataca esse problema de frente!

O Grande Desafio

Gráficos e estatísticas tradicionais tem sempre o mesmo problema, são informações desconexas, é impossível saber a origem de cada informação, pois elas são embaladas e apresentadas de formas isoladas.

Por exemplo, um mapa de calor mistura tanto os momentos onde o time tem a bola, quanto os momentos sem a bola.

Dessa forma, uma mudança na movimentação de um jogador pode estar relacionada, tanto a novos comportamentos, quanto a uma menor ou maior posse de bola.

Outro exemplo: você já tentou relacionar posse de bola, com número de chutes a gol?

É uma loucura!

O grande problema é que os números mostram, sim, algumas coisas, no entanto eles escondem muitas outras. O que prejudica qualquer tentativa de interpretação mais profunda.

Estatística Nossa de Cada Dia

Mas claro, nem tudo é problema. Existe um lado vantajoso de se trabalhar com estatísticas. Por isso ela é tão idolatrada na mídia esportiva.

Assista a qualquer programa esportivo agora, e alguém vai citar, os “números” de algum técnico para justificar se ele merece ou não ser demitido.

A grande vantagem é que, através das estatísticas, qualquer pessoa consegue analisar dezenas de jogos em questão de minutos.

É só comparar a posse de bola daqui e dali, cruzar chutes a gol com escanteios, elevar ao número de substituições, e claro, não podemos esquecer de imbutir em algum lugar a média de público.

E zaz! Magicamente sai uma conclusão mirabolante, que define se um técnico é burro ou gênio.

Que Lindo Seria

Imagine se fosse possível unir a praticidade da análise estatística com a assertividade da análise tática do jogo.

Aí sim!

Para isso precisaríamos remodelar a forma como lidamos com os números hoje.

Como um dos grandes problemas é a desconexão das informações, obviamente, conectar eventos é a premissa básica do Mapa de Ações. Tudo está conectado! Nada acontece do nada (perdão pelo trocadilho).

Ou seja, sabendo qual comportamento gera qual comportamento, podemos tirar conclusões muito mais assertivas. Entender a origem das jogadas.

Sabendo quantas vezes aquela cadeia de eventos se repetiu, podemos medir eficiência tática em vários pontos.

Identificando o looping do jogo, podemos projetar e prever como a partida vai se desenrolar.

“Mapa de Ações é vida, Raulzão”, como diria um ilustre aluno.

O Mapa de Ações é Seu, Aproveite!

Enfim, deixo o Mapa de Ações falar por si só.

Navegue à vontade, explore o Mapa, e deixe suas dúvidas, críticas e sugestões, na caixa de comentários no final da página.

Claro, ainda é uma ferramenta em desenvolvimento, se achar algum bug, peço que reporte, por favor.

Aliás, talvez o Mapa de Ações nunca pare de evoluir, uma vez que o futebol é um organismo vivo, e evolui a cada temporada.

Aqui no blog vou disponibilizar alguns Mapas de eventuais jogos que eu fizer. E caso você queria ter acesso ao Mapa para analisar suas próprias partidas, se inscreva no Curso de Análise Tática. Ela é uma ferramenta bônus com acesso vitalício e mais futuras atualizações.

Eu fiz um vídeo também, por que eu adoro falar sobre o Mapa (como você pode perceber lendo esse texto). Mas no vídeo tem informações mais práticas sobre como é feita a alimentação dos dados, e tudo mais. Se quiser, dá uma olhada aqui.

Minha casa é sua casa, fique à vontade e aproveite o Mapa de Ações.

Grande abraço !