Raul Ando

Raul Ando é criador de conteúdo e fundador do Categoria Canal.

Você pode acessar também o arquivo de conteúdos publicados.

Raul Ando - Quem Sou Eu?

Nesse texto vou falar um pouco sobre a minha história no futebol, produção de conteúdo, e minhas atividades atuais.

Como o nasceu o Categoria Canal? Eu trabalho em algum clube? Como eu aprendi tática de futebol? Fui técnico ou jogador? Pretendo ser? 

Enfim, até o final desse texto, prometo responder todas elas e muitas outras.

Raul Ando - Categoria Canal

Como Nasceu o Categoria Canal?

O Categoria Canal nasceu como um hobby. Pois é, eu não imaginava que iniciar um canal no YouTube mudaria completamente o rumo da minha vida.

Fiz alguns vídeos de análises para um antigo blog que eu tinha em parceria com um colega, na época chamávamos de Categoria de Base. 

Acontece que o Categoria de Base original morreu cedo. Não tínhamos tempo para atualizar, muito menos era nossa atividade principal. Assim, o projeto foi abandonado.

Um belo dia resolvo entrar no YouTube para apagar o canal que eu tinha postado esses vídeos. Para minha surpresa os vídeos estavam com muitas visualizações e mais de 1.000 inscritos no canal. 

Além disso, a quantidade de comentários pedindo vídeos novos era imensa. 

A princípio mantive o nome Categoria de Base, e publiquei mais alguns vídeos. No entanto, não era o meu foco. Eu tinha outro trabalho, outra carreira, e futebol não estava nos meus planos naquele momento. 

Mas a vida é mesmo muito curiosa. 

Categoria de Base para Categoria Canal

O ritmo de produção era baixo, eu fazia vídeos apenas quando sobrava tempo. Ou seja, o Categoria ficava sempre em último na minha fila de prioridades.

Confesso que se dependesse apenas de mim, provavelmente não existiria Categoria Canal, e você não estaria lendo esse texto aqui agora. 

Foi a Thaiz, minha esposa, que me encorajou a fazer mais vídeos para o canal. 

Era sempre ela quem dizia: “Olha, faz vídeos, o pessoal está gostando, está pedindo”.

Por insistência dela eu passei a dedicar mais horas para fazer vídeos. 

O resto é história…

Categoria de Base virou Categoria Canal, nasceu o modelo DRAF, e minha vida profissional mudou completamente. 

O que eu estudei na faculdade (economia) passou a ser meu hobby. Enquanto meu hobby (futebol) passou a ser minha carreira. 

A Missão do Categoria Canal

Ao longo da história do Categoria Canal, eu produzi diversos formatos de vídeos. Assim, acabei acumulando uma certa experiência com o YouTube.

Além disso, gosto muito de entender o comportamento das pessoas que me acompanham. Quais temas elas gostam mais. Os vídeos que elas assistem por mais tempo. Os trechos dos vídeos que elas pulam.

Enfim, tudo o que me ajude a criar conteúdos que tenham mais qualidade, e que cheguem a mais pessoas. 

Todavia, não estou disposto a maximizar a visualizações, abordando temas “apelativos”. Como as “tretas” do futebol, as polêmicas especulativas, e tudo o que contribui para um futebol pior.

Eu amo o futebol. Quero o bem do futebol. Quero que meus conteúdos tenham um impacto positivo, e que deixem um legado.

A missão do Categoria Canal é transformar tática e estratégia no futebol, um assunto que todos consigam entender. Aliás, não só entender, como gostar, admirar, e passar a ver futebol com outros olhos.

Os Rumos do Categoria Canal

Se você me acompanha a mais tempo, sabe que nos últimos meses o número de vídeos publicados no canal diminuiu novamente. 

Então, isso aconteceu porque o formato que eu mais acredito, é um formato de excelência, de qualidade. Que conte a história do jogo jogado, mas com a emoção que o futebol gera nas pessoas. 

A emoção que me fez um dia me apaixonar por futebol. É essa emoção que eu quero preservar, essa emoção que eu quero despertar nas pessoas com os meus vídeos. 

Mas também, não quero “forçar a barra” para emocionar. Dramatizar situações, fugir da realidade, nada disso. 

Eu acho que o futebol é muito emocionante, e não precisa disso. Basta que a gente conte a história da ótica mais adequada.

A Necessidade de um Novo Formato

No meu caso, eu acredito que o melhor seja entender o jogo como uma batalha estratégica. Com a incerteza rondando o tempo inteiro. Que transmita a complexidade do jogo, sem ser um conteúdo chato, cansativo. 

Confesso que eu acho o assunto tática extremamente chato. Eu me acho chato. E quebrei muito a cabeça para tentar encontrar uma maneira de não ser chato. De não entrar nessa guerra da decoreba e de quem sabe mais.

Para mim isso nunca fez sentido. 

Tanto é que eu acabei criando modelos de análise próprios sem nunca ter estudado modelos de outras pessoas.

Um pequeno desabafo para dizer que, os vídeos do canal terão uma frequência menor, mas com muito mais qualidade (eu espero), que expliquem de fato o que acontece dentro de campo, sem ser chato, e sem a frieza analítica, mas sim com muita emoção. 

O Trabalho nos Clubes de Futebol

Trabalhar com análise tática me abriu portas em diversas equipes. 

Tive a oportunidade de ter alunos, seguidores, inscritos, que compunham comissões técnicas em praticamente todos os níveis do futebol brasileiro e mundial. 

E não só em clubes de futebol, como também na mídia esportiva. Tive a oportunidade de contribuir com o estudo de jornalistas e comentaristas. 

Além disso, tive convites para trabalhar exclusivo para clubes. 

Confesso que em um momento da minha vida, eu sentia a necessidade de me provar trabalhando no campo. 

No entanto, nunca tive nenhuma proposta que fosse vantajosa para mim, a ponto de abandonar meus projetos pessoais.

Com o tempo fui percebendo que análises terceirizadas, também não eram a melhor forma de contribuição. Para ajudar um time de verdade eu precisaria acompanhar de perto. 

Muitos fatores se perdem nas análises de vídeo. Dessa maneira, eu decidi por não mais pegar análises por fora. Porque eu não conseguia me aprofundar o quanto eu queria. 

A Escolha

Outro fator que me fez repensar esses trabalhos foi o contato com o mercado de apostas esportivas. 

Nesse momento me deparei com um conflito de interesses, de âmbito legal. Eu não poderia influenciar os eventos de um jogo e ao mesmo tempo apostar nesses mesmos eventos. 

Ou seja, eu precisei escolher entre continuar fazendo análises para clubes, ou fazer apostas. 

Mais adiante conto mais sobre minhas aventuras no mundo das apostas. Por enquanto, é importante dizer que apostar se mostrou mais vantajoso do que continuar com as análises para clubes. 

Por mais que fosse uma coisa extremamente gratificante, por exemplo, receber uma mensagem dizendo que minha análise tinha ajudado uma equipe a bater um adversário, eu não me sentia parte do processo.

Portanto, a única solução seria trabalhar exclusivamente para algum clube, e de fato fazer parte de todo o processo. 

Enquanto isso os projetos individuais estavam decolando. Assim, naturalmente as coisas foram se encaixando. 

O convite irrecusável não veio. Meus projetos cresceram. E entre as apostas e as análises terceirizadas, optei pelas apostas. 

Ao menos por enquanto, o dia de amanhã ninguém sabe.

Os Novos Projetos

Além do Categoria Canal, eu senti a necessidade de iniciar outros projetos. 

Sou programador. Assim como virei analista de futebol. Paixão.

Desde criança tenho muita facilidade em entender qualquer linguagem de programação. Então, tudo o que eu precisava com o Categoria Canal, eu mesmo programava.

Por isso surgiram projetos como o Campo Tático 3D, e a Linha do Tempo. 

Muito provavelmente novos projetos vão surgir desse interesse por programação. 

Gosto de programar, gosto de futebol, e gosto muito de assumir riscos. 

Assim, no momento em que eu conheci um pouco mais sobre as apostas esportivas e como o mercado funcionava, eu percebi que poderia ter mais uma atividade. 

E o melhor, totalmente alinhada com os meus interesses. 

Apostas com Categoria

Apostas com Categoria é o meu mais recente projeto. Senti a necessidade de um espaço a mais para produzir conteúdos sobre apostas esportivas. 

No entanto, eu não queria usar o espaço do Categoria Canal, como eu já disse, o meu foco lá é outro. Assim, criei um segundo canal: Apostas com Categoria.

Tudo começou quando fui convidado a participar de um evento sobre apostas esportivas em 2019. Para me preparar e produzir palestrar que falassem com aquele público, passei a estudar esse universo.

Raul Ando Palestra Categoria Canal
Raul Ando palestrando sobre tática para apostadores.

Para isso, eu iniciei uma banca com 20 reais. Ao final de um mês eu havia acumulado mais de 1.000 reais. 

Sem qualquer experiência do mercado de apostas em si, somente com a experiência da leitura de jogo e um pouco de bom senso. 

Isso porque, eu sempre tive muita facilidade com matemática e estatísticas, então ficou muito claro desde o começo quais riscos valiam a pena correr para os eventos do jogo, com base no retorno possível. 

Então, cruzar probabilidades com a leitura tática da partida foi uma coisa bem natural para mim.

Percebi que minha forma de ver as coisas era bem diferente dos conteúdos que estavam por aí. 

Dessa forma, nasceu o Apostas com Categoria. Um espaço exclusivo para compartilhar algumas ideias sobre apostas esportivas.

Futebol Data e a Linha do Tempo

Nunca encontrei nenhum software que fosse perfeito para o que eu queria fazer. 

Dessa maneira, passei a programar o meu próprio sistema. A princípio seria para uso pessoal, mas muita gente acabou se interessando. 

Então, eu acabei criando uma versão para uso geral da Linha do Tempo. 

Você pode se perguntar o que Futebol Data tem a ver com a Linha do Tempo, eu explico. Minha ideia não é apenas ficar com a Linha do Tempo, mas sim criar outras ferramentas que possam ser úteis. 

Por exemplo, atualmente tenho um projeto de Computer Vision, que rastreia jogadores em tempo real e tira algumas conclusões sobre o que está acontecendo em campo. 

É o meu projeto de inteligência artificial. Em outras palavras, estou ensinando análise tática para o computador. 

Dessa maneira, podemos ter uma camada a mais de informações que complementem nossa interpretação dos fatos. 

Futebol Data e a Linha do Tempo

Esse é apenas um breve relato de como eu cheguei a esse ponto na minha história. 

Espero que muitos outros capítulos interessantes possam acontecer. 

Por ora, eu gostaria que você ficasse à vontade para navegar pelo meu blog. 

Ver os meus conteúdos, porque isso é o que eu mais gosto de fazer: compartilhar minhas ideias. 

Eu espero que você encontre informações úteis por aqui, mas que acima de tudo sejam prazerosas de se consumir. 

Grande abraço e a gente se vê por aí.