Jogadas de Inversão no Futebol

Jogadas de Inversão no Futebol

Jogadas de inversão no futebol exigem uma execução impecável. Ou seja, qualquer decisão errada ou fora do tempo, compromete a criação de vantagem.

Assim, como tudo no futebol, são os detalhes de execução que potencializam a jogada. No entanto, que detalhes são esses?

Ou ainda, em quais situações as inversões são recomendadas no futebol?

Curso de Análise Tática - Modelo DRAF
Revolucione Sua Leitura de Jogo Com o Curso de Análise Tática.

Para esclarecer essas questões, vamos ver um exemplo onde essa jogada de ataque foi muito utilizada. Assim, encontraremos vários exemplos de inversões que funcionaram, como também aquelas que não funcionaram.

Jogo válido pela fase de grupos da Champions League 2022/23 entre Barcelona e Inter de Milão. Aliás, um verdadeiro jogão, empate por 3 a 3.

Então, aperte os cintos e boa leitura!

Problema da Inversão Horizontal

Primeiramente, esse é um dos problemas mais comuns nesse tipo de jogada: as inversões horizontais. Ou seja, aquelas bolas mais de lado.

Isso acontece por dois motivos. Um deles é quando o receptor está muito recuado, e o outro quando o portador da bola faz um passe (ou lançamento) no pé, ou até mesmo atrás.

Problema da Inversão Horizontal
Inversão horizontal não gera vantagem para superar a defesa.

Dessa forma, a defesa tem tempo para correr para o lado da inversão e se posicionar atrás da linha da bola.

A inversão horizontal não cria vantagem para superar a defesa, apenas coloca o bloco para se deslocar de um lado para o outro. O que até pode ser um objetivo, mas fica para um próximo artigo.

De qualquer forma, quando o objetivo é gerar vantagem com a inversão em si, essas bolas de lado não funcionam bem.

Melhor Posicionamento para Jogadas de Inversão

Como eu disse, um dos problemas das jogadas horizontais é gerado pelo posicionamento do receptor. Dessa maneira, o melhor posicionamento para quem vai receber a inversão, é no limite do impedimento, o mais aberto possível, longe do seu marcadores.

A imagem abaixo ilustra perfeitamente o melhor posicionamento nesses casos. Perceba como o jogador da Inter (o Dumfries) está bem aberto (próximo a linha lateral) e no limite da linha de impedimento (que o último zagueiro gera).

Limite do Impedimento - Jogadas Inversão
O limite do impedimento é o melhor posicionamento para inversões no futebol.

Então, se posicionando dessa maneira, o caminho para a inversão começa a se desenhar. Mas isso apenas não garante o sucesso da jogada. Mesmo que o jogador crie vantagem posicional, explorar ou não essa vantagem vai depender da forma como o lançamento será feito.

Explorar a Vantagem Posicional

Cada bola que é lançada gera uma corrida. No entanto, diferente de uma corrida de atletismo, onde os atletas percorrem as mesmas distâncias, no futebol as corridas são injustas.

Em outras palavras, você pode gerar vantagens para a sua equipe nas corridas do futebol. Uma delas é a vantagem posicional da qual estamos falando, que permite aproveitar melhor as inversões.

Vantagem Posicional - Inversão Futebol
O destino do lançamento permite aproveitar a vantagem posicional.

As vantagens de uma corrida podem ser produzidas de duas maneiras. Ou sua largada é mais adiantada que a do seu concorrente, ou sua linha de chegada é mais próxima.

No caso, a largada é o posicionamento inicial (no limite do impedimento), enquanto a linha de chegada é o destino da bola. Portanto, é justamente o destino do lançamento que permite realizar a vantagem posicional.

Destino da Bola na Inversão

Agora, como a gente já viu, um lançamento no pé, deixa a linha de chegada muito próxima do jogador. Entretanto, não gera vantagem para superar a defesa. Ou seja, não serve.

Assim sendo, o melhor destino para o lançamento é uma diagonal que faça o receptor correr em linha reta, enquanto seus concorrentes correm em diagonal.

Afinal, os catetos são sempre menores do que a hipotenusa. Quem disse que as aulas de geometria não seriam úteis no futebol?

Destino da Bola - Lançamentos em Diagonal
Lançamento em diagonal coloca a defesa para correr para trás.

Se você não gosta de matemática, sem problemas. O mais importante é perceber na imagem acima, que um lançamento em diagonal deixa a linha de chegada mais próxima para o receptor, ao mesmo tempo que cria vantagem para eliminar a defesa.

Então, diferente das inversões horizontais, as diagonais que tem como destino as costas da defesa, tem um potencial muito maior. Isso é fundamental para o próximo passo.

Finalizando Jogadas de Inversão

Colocando a defesa para correr para trás em diagonal, a linha fica torta, quebrada.

Isso abre diversas possibilidades para transformar essa inversão em uma jogada de finalização perigosa.

Sendo que a principal delas, são os cruzamentos rasteiros nas costas da defesa. Assim, os atacantes entram de frente para finalizar, enquanto os zagueiros ficam com receio de tentar o corte e fazer o gol contra.

Finalizando Jogadas de Inversão
Linha defensiva desfeita, perfeita para um cruzamento rasteiro.

Quando a inversão é mais fechada (corredor central), o receptor pode sair na cara do gol. Ou ainda, se for um ponta invertido (canhoto pela direita e vice-versa), o jogador pode cortar para o meio nos espaços que podem aparecer.

Enfim, existem várias jogadas que podem ser adaptadas para cada situação. Mas todas elas tem muito potencial. Dessa forma, o ideal é projetar jogadas que aproveitem o melhor das características dos jogadores.

Raul Ando (Categoria Canal)

Raul Ando

Criador de Conteúdo e Fundador do Categoria Canal.