Posicionamento Defensivo que Potencializa Contra-Ataques

Essa é a análise de um posicionamento defensivo que potencializa contra-ataques, utilizado pelo Atlético de Madrid 2019/2020 do técnico Diego Simeone.

Posicionamento Defensivo que Potencializa Contra-Ataques

Primordialmente o Atlético de Madrid se defende com base no 442 compacto, como podemos observar na imagem abaixo.

Posicionamento Defensivo que Potencializa Contra-Ataques - Atlético 442

Enquanto seu adversário está com a bola por fora do bloco de marcação, ou no campo de defesa, o Atlético de Simeone se posiciona com suas três linhas paralelas e bem definidas.

No entanto, a media que o adversário se aproxima ou tenta invadir o bloco e marcação, o posicionamento muda. Dessa forma a equipe passa a fazer um encaixe individual, além da cobertura da bola, como podemos notar na imagem abaixo.

Posicionamento Defensivo que Potencializa Contra-Ataques - Formação triangular

Assim que o adversário se aproxima, na maioria das vezes algum jogador da linha do meio avança para cobrir a bola e ajudar no primeiro combate. Assim sendo, você vai notar várias vezes durante um jogo que o Atlético se posiciona formando uma pirâmide, ou um triângulo.

Não apenas um jogador da linha do meio avança, como também um dos atacantes recua mais que o outro. Desse modo o time passa a se defender formando praticamente um 4321, para quem gosta de números.

Essa formação triangular tem uma grande vantagem que traz equilíbrio a postura defensiva do Atlético, a criação de várias mini zonas de guerras. Como podemos observar na imagem abaixo.

Posicionamento Defensivo que Potencializa Contra-Ataques - Zonas de Guerra

Em síntese quando um adversário recebe a bola, em qualquer um desses triângulos, a marcação fecha por todos os lados. Dessa forma o Atlético de Madrid aumenta consideravelmente suas chances de recuperá-la.

Saída em Velocidade

Além disso, com os atacantes desalinhados, somado ao ímpeto ofensivo da linha do meio, que avança em velocidade sempre que o time recupera a bola, o encaixe de marcação adversário fica comprometido.

Oraganização Defensiva Favorece Saída em Contra-Ataques

Portanto, os dois pilares do contra-ataque do Atlético de Madrid de Diego Simeone acabam favorecidos por essa organização defensiva: as tabelas rápidas e a saída em velocidade da linha do meio.

Para entender melhor essa dinâmica, sugiro fortemente que você assista ao vídeo dessa análise.

Aliás, caso você queira aprofundar seu conhecimento tático, aproveita aula grátis do Curso de Análise Tática. Aprenda tudo sobre o modelo DRAF e comece a ver futebol com outros olhos.

Até a próxima análise!


Gostou? Compartilhe esse texto!